segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Natal, fim da linha

Desta vez o swell de sueste fora de época provocou maiores ondulações no chamado mar de dentro, o lado da ilha protegido dos ventos de leste, e piorou as condições de visibilidade da água. Mesmo assim Noronha é um paraíso. Revisitei todas as atrações e ainda deu para descobrir novas, como a excelente pizza da Pizzaria Feitiço da Ilha, ao lado da Igreja de N.Sra. dos Remédios.

Praia do Sancho, a mais bonita que conheço

Na quarta (01/10) à noite aconteceu a festa de premiação da Refeno, na areia da praia do Porto de Santo Antônio. No dia seguinte os veleiros começaram a deixar a ilha de volta ao continente, pois terminava o prazo de permanência coberto pela regata. Para aqueles, pouco mais de trinta, que inscreveram-se na Regata Fernando de Noronha-Natal, como nós, o prazo ia até o sábado.

Baía dos Porcos com os Dois Irmãos.

Largamos na Regata Noronha-Natal às 08:00h (de BSB) do sábado (04/10). O vento foi de ESE com intensidade média de 20 nós, chegando a registrarmos 31 nós à noite. O mar estava bastante picado com ondulações de 2-3,5 m de E, portanto través. Navegávamos adernados a pelo menos 20º, com genoa 2 e mestra no primeiro rizo e mais tarde no segundo, em condições ruins de mar e vento. No domingo pela manhã, a 41 mn de Natal, ouvimos um barulho como que de um tiro de fuzil. Um fio do estai de força de bombordo "descascou". Baixamos as velas, naquele momento mestra no primeiro rizo e genoa 2, para preservarmos o mastro, desistimos da regata e continuamos a motor, balançando ainda mais. Cruzamos a nova Ponte Natal-Redinha às 17:45h de domingo, após 33:35h de uma navegação muito pesada.

Guga Buy no ICN com a ponte ao fundo

Enquanto o Guga Buy ficou ancorado no Iate Clube do Natal, aos cuidados do Eduardo e do Paulo Linhares Neto, nosso novo tripulante nesta travessia, o Cmdte. Zanella, Saul e Eu fomos para um hotel. Saul e Eu retornamos na quarta (08/10) de avião para Floripa, não sem antes conhecermos algumas das atrações turísticas de Natal e arredores. O Guga Buy, com Zanella pai e Zanella filho, inicia nos próximos dias, sem muita pressa, seu retorno ao porto de origem.

Chegando de balsa em Tibaú do Sul
(Mais fotos em www.picasaweb.google.com/lflbeltrao/refeno2008).
(Vide clip da largada clicando aqui).