domingo, 18 de abril de 2010

Não deu!

Ontem era meu aniversário e gostaria muito de me presentear com a vitória do Mutley na 2ª etapa do Ranking Estadual de Minioceano Avelisc/Fevesc, corrida na Lagoa da Conceição. Infelizmente fiz uma manobra errada na largada que nos fez partir em último com um razoável atraso. Nos esforçamos, pela primeira vez com esta tripulação (Polaco e Daniel) subimos o balão (três vezes), ultrapassamos os outros competidores da classe, mas não conseguimos chegar no nosso principal adversário, o Imagine, que estreava jogo novo de velas em Prolam e velejou muito bem. Segundo lugar e agora eles empataram com a gente na liderança do campeonato. Mais detalhes da regata em www.esportesdomar.com.br, de onde veio a foto abaixo.

Ainda com a RECON, esperando o vento para largar

No inicio da semana (2ª feira) trouxe, em solitário, o Tinguá, que havia ficado na sub-sede de Jurerê após a Páscoa, para o Centro. A intenção era dar umas velejadas pela região, mas o período foi de chuvas, ventanias e ressacas.

6 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal seu blog,

desculpe a ignorancia mas o que são velas em Prolam?

meu e-mail: whendel_1@hotmail.com

LFBeltrao disse...

Olá,

Prolam é o nome comercial de um tecido parecido com uma lona plástica, utilizado no Brasil, pelo seu desempenho e custo, na confecção de velas para veleiros.

Ati disse...

Puxa vida Beltrão! Não sabia que era seu aniversário.Que o atraso no abraço não tire a força, e nem o desejo de muitas, muitas felicidades.

Bóris Corrêa - Veleiro ATI

Ati disse...

Puxa vida Beltrão, - parabéns!! não sabia que era seu aniversário!Que o atraso não tire a força do abraço, nem do desejo de muitas, muitas felicidades

LFBeltrao disse...

Muito obrigado, Bóris.

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,

A vacina contra Influenza H1N1, vírus que já matou 1.632 brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil para pessoas com maior risco de desenvolver a forma grave da doença. A vacina foi testada, é segura e já foi utilizada por mais de 300 países do Hemisfério Norte. Sábado, 24, começa mais uma etapa da campanha, voltada agora para a vacinação de idosos com doenças crônicas. No entanto, a população das outras etapas - jovens de 20 a 29 anos, grávidas, crianças maiores de 6 meses a menores de 2 anos e doentes crônicos com menos de 60 anos - ainda podem procurar os postos para se vacinar.


Por isso, é muito importante contar com a sua colaboração! Você pode ajudar por meio de materiais que disponibilizamos especialmente para blogs.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde