segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Do Caribe para o Tinguá

Chegamos do Caribe e encontramos o Tinguá "louco" para navegar. Jorge está trabalhando ainda mais que o normal na mudança de local e de processos em sua empresa e o Tinguá ficou 3 meses sem ver água salgada. Embarcamos já na sexta-feira à noite, mesmo com o tempo chuvoso que encontramos em Floripa. Por conta de um temporal armado e também para dar uma carga adequada nas baterias, dormimos no pier da sede centro do ICSC -VI, foi a primeira vez.

Sábado cedo rumamos para a Praia do Tinguá onde havíamos combinado um chuirrasco com minha filha, genro e netos que foram de lancha. No domingo velejamos pela baía de Canasvieiras, paramos para o Gabriel pescar e almoçarmos junto a Ilha do Francês. Deixamos o Tinguá na poita G5 da sede oceânica de Jurerê no meio da tarde para fugir da chuva. Que até agora não parou...

Hoje recebi uma notícia muito triste. O falecimento do velejador e amigo Vail Mony Filho ontem em Angra, devido a um infarto.
Morreu fazendo o que mais gostava. Amigo, alegre, sempre de bem com a vida Vail deixa um grande vazio. A Helena e demais familiares nossas condolências.

Vail e Helena e os amigos Zanella, Janjão e Zé Toriba no CCL2010

Nenhum comentário: